Ex-governistas lançam grupo anti-Bolsonaro e miram impeachment

Frente Democrática Independente é formada por deputados que fizeram parte do governo, por apoiadores da campanha eleitoral, integrantes do MBL e sociedade civil

Daniel Adjuto
Por Daniel Adjuto, CNN  
12 de maio de 2020 às 14:43 | Atualizado 12 de maio de 2020 às 16:53
Reprodução do logotipo da Frente Democrática Independente
Foto: Divulgação/FDI


Frente Democrática Independente é o nome de um novo movimento na Câmara dos Deputados para fazer oposição ao presidente Jair Bolsonaro. Sob o símbolo de uma águia, um dos principais objetivos do grupo é o impeachment de Bolsonaro.

A Frente é apartidária, segundo integrantes. Ela é formada por deputados que fizeram parte do governo, por apoiadores na campanha eleitoral de Jair Bolsonaro, integrantes do MBL e sociedade civil. Insatisfeitos, alegam que presidente é um "estelionato eleitoral" e não tem um projeto para o país, mas sim um "projeto de poder familiar".

No grupo, estão os deputados Joice Hasselmann (PSL), Junior Bozella (PSL), Professora Dayane Pimentel (PSL), Alexandre Frota (PSDB) e Marcelo Calero (Cidadania), além do coordenador nacional do MBL, Rubens Nunes.

Em contato com a coluna, o deputado Kim Kataguiri (DEM) informou que não faz parte do grupo.