'Desta vez não tem bandeira antidemocrática', diz Bolsonaro sobre manifestação


Da CNN, em São Paulo
17 de maio de 2020 às 12:29 | Atualizado 17 de maio de 2020 às 13:33

Enquanto militantes apoiadores do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) fazem uma manifestação neste domingo (17) em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, o presidente quis destacar que 'dessa vez não tem bandeira antidemocrática' entre os manifestantes. Ele se referia às acusações de que havia apoiado atos contra a democracia em que aliados exibiam faixas contra o Congresso Nacional e o STF em domigos anteriores.

Manifestantes apoiam Bolsonaro

Manifestantes apoiam Bolsonaro

Foto: Divulgação/ PMDF

O grupo se concentrara na Biblioteca Nacional e Museu da República desde o início da manhã.
Uma carreta também passa pela Esplanada dos Ministérios com carro de som e faixas em apoio a Bolsonaro. O presidente cumprimentou os apoiadores em frente ao Planalto, mas não falou com a imprensa. 

Manifestantes apoiam Bolsonaro

Manifestantes apoiam Bolsonaro

Foto: Divulgação/ PMDF

Bolsonaro deve fazer um pronunciamento em rede nacional, ainda neste domingo (17), para defender o fim de medidas de isolamento social. Inicialmente marcado para sábado (16), a expectativa é que o presidente indique uma definição no Ministério da Saúde, depois de Nelson Teich ter deixado o comando da pasta, nesta sexta-feira (15), em meio à pandemia do novo coronavírus.

Ainda não há previsão para a substituição definitiva do ministro. Com a saída de Teich, o secretário executivo do ministério, general Eduardo Pazuello, assume interinamente a pasta.