Doria propõe antecipar feriado de 9 de julho para 25 de maio


Da CNN, em São Paulo
18 de maio de 2020 às 12:50 | Atualizado 18 de maio de 2020 às 13:12
 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que encaminhará um projeto de lei à Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), que antecipa o feriado de 9 de julho para a próxima segunda-feira (25). A decisão, anunciada hoje (18), durante a coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, vai ao encontro da proposta do prefeito da capital paulista, Bruno Covas, que apoia a antecipação.  

“Esta medida do governo do estado, que depende da aprovação dos parlamentares, vai em sintonia com a proposta e ao encontro com aquilo que o Comitê de Saúde recomenda”, afirma Doria. 

Assista e leia também:

Estudo detecta anticorpos ao coronavírus em 5% dos moradores de São Paulo

Antecipar feriados pode reduzir em R$ 1 bilhão prejuízo no comércio de SP

Capacetes de ventilação para pacientes começam a ser testados no HC em SP

Segundo o governador, a antecipação ajuda a elevar a taxa de isolamento social, razão pela qual o governo, junto à prefeitura, tem analisado esta possibilidade. “Nos feriados, nós temos índices mais elevados de isolamento. Com esta decisão, teremos um período mais prolongado de feriados”.

No último sábado (16), a taxa de isolamento na capital chegou a 52%. No domingo (17), alcançou 56%. No estado, respectivamente, os índices foram a 50% no sábado e 54% no domingo. “Quanto maior o isolamento social, maior é a chance de superarmos a fase mais dura da pandemia”, ressalta.

Conforme a atualização mais recente da Secretaria Estadual de Saúde (SES-SP), foram confirmados 63.006 casos de Covid-19 no estado de São Paulo, com 4.823 mortes.