OAB cobra esclarecimentos sobre 'sistema particular' de informações de Bolsonaro

Felipe Santa Cruz, presidente da entidade, também defendeu que fala seja investigada

Da CNN, em São Paulo
23 de maio de 2020 às 23:09
felipe santa cruz
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz 
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, cobrou do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) esclarecimentos sobre um sistema "particular" de informações que o chefe do Executivo disse possuir.

“O presidente deve sérias explicações à nação sobre esse sistema paralelo de informações que diz possuir, que aparentemente tem sido usado para vazar investigações em curso sobre sua família e amigos. O uso da função pública para interesses particulares fere os princípios da impessoalidade e da moralidade", afirmou Santa Cruz, em nota. Pelo Twitter, ele pediu investigações.

Durante reunião ministerial em abril, Bolsonaro afirmou  que tem um "sistema particular" de informações que funciona e criticou o sistema oficial ao dizer que este "desinforma", revelou vídeo do encontro divulgado nesta sexta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no âmbito de investigação sobre suposta interferência do presidente na Polícia Federal.

"O meu particular funciona. Os que têm oficialmente, desinformam. E voltando ao tema: Prefiro não ter informação do que ser desinformado por sistema de informações que eu tenho", disse Bolsonaro no encontro.