Governo pretende gastar R$ 44 mil com esteira ergométrica para Mourão

Justificativa é que o Palácio do Jaburu não tem aparelho "minimamente adequado" e que atenda a "princípios da ergonomia e biomecânica" para prática de exercício

Estadão Conteúdo
26 de maio de 2020 às 17:04
Vice-presidente da República, Hamilton Mourão.
Foto: Adriano Machado - 03.jul.2019/Reuters

O governo federal abriu nesta segunda-feira (25) licitação de R$ 44 mil para adquirir uma esteira ergométrica para o Palácio do Jaburu, onde moram o vice-presidente Hamilton Mourão e a mulher dele, Paula Mourão. O modelo procurado vem com programas pré-configurados de exercício físico, tela touch screen de alta definição, internet, TV e acessos a "cursos interativos". 

A justificativa para a procura é que o Palácio do Jaburu não tem aparelho "minimamente adequado" e que atenda aos "princípios da ergonomia e biomecânica" para prática de exercícios físicos.

O governo afirma ainda que a guarda do palácio deve usar o equipamento. "Inclusive com simulação de situações reais onde o caminhar e as corridas são feitas com os uniformes e equipamentos vinculados", diz o edital.

A Vice-Presidência ainda argumenta que a rotina "força Mourão a realizar exercícios fora do expediente, muito cedo ou muito tarde". Procurada a Vice-Presidência não se manifestou.