PGR investiga dinheiro público em atos antidemocráticos

ambém está em andamento um cruzamento com informações que são públicas e que foram fornecidas na CPMI das fake news do Congresso

Da CNN
17 de junho de 2020 às 17:00
 

O inquérito pedido pelo produrador-geral da República, Augusto Aras, apura suspeita de que dinheiro público esteja sendo utilizado para financiar atos que pedem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional.

Segundo apurações de Daniela Lima, âncora da CNN, também está em andamento um cruzamento com informações que são públicas e que foram fornecidas na CPMI das fake news do Congresso. Esse cruzamento de informações está levando procuradores e policiais federais a investigar como são alimentados sites que que disseminam informações falsas e convocam esses atos.

Na terça-feira (16), onze parlamentares tiveram o sigilo bancário quebrado na operação que investiga a origem de recursos e a estrutura de financiamento de grupos suspeitos da prática de atos antidemocráticos.

(Edição: Leonardo Lellis)