Após Wassef deixar defesa, Flávio Bolsonaro agradece 'lealdade'

Segundo o senador, Wassef deixa a defesa "contra a minha vontade"

Da CNN, em São Paulo
21 de junho de 2020 às 21:16 | Atualizado 21 de junho de 2020 às 21:21


Após o advogado Frederick Wassef revelar, em entrevista exclusiva à CNN, que deixou a defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), o político o elogiou no Twitter.

"A lealdade e a competência do advogado Frederick Wassef são ímpares e insubstituíveis. Contudo, por decisão dele e contra a minha vontade, acreditando que está sendo usado para prejudicar a mim e ao Presidente Bolsonaro, deixa a causa mesmo ciente de que nada fez de errado", postou Flávio no Twitter.

"Assumo total responsabilidade e estou saindo do caso, subestabelecendo para outro colega. Ficarei fora do caso para que não me usem", declarou Wassef, dizendo que anunciará quem será seu substituto nesta segunda (21). O advogado tem dito que está sendo "atacado" com vistas a atingir o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Ele também pediu desculpa ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a seu filho Flávio por "todo e qualquer dano que tenha causado". "Eu peço desculpa ao presidente e ao senador e assumo total responsabilidade", afirmou.