STF elege Fux para ser o próximo presidente da Corte

Já ministra Rosa Weber foi eleita com dez votos a um como vice-presidente do STF

Gabriela Coelho Da CNN, em Brasília
25 de junho de 2020 às 15:39
Ministro do STF, Luiz Fux
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Com dez votos a um, o Plenário do Supremo Tribunal Federal elegeu, nesta quinta-feira (25), como próximo presidente da corte o ministro Luiz Fux para o biênio 2020-2022. Já ministra Rosa Weber foi eleita com dez votos a um como vice-presidente do STF. A posse de ambos está prevista para 10 de setembro, quando o atual presidente, ministro Dias Toffoli deixará o cargo.

Em consequência da pandemia, o Supremo decidiu antecipar para esta quinta-feira a escolha do novo presidente da Corte. A votação, que é mero procedimento, estava prevista para o dia 12 de agosto.

O presidente do STF é o cargo mais alto do Judiciário. A votação ocorre de forma secreta, mas é comum os ministros votarem no magistrado mais antigo que ainda não assumiu a Presidência – dessa forma, o ministro Luiz Fux , que é atual vice de Toffoli, deve ser eleito. O mandato dura dois anos e a posse ocorreria na primeira semana de setembro.