Câmara aprova envio de R$ 639 mi de emendas canceladas para combate à pandemia

Verba destinada ao MEC deve atender principalmente hospitais de universidades federais que estão atuando em pesquisa e testes de vacinas contra Covid-19

Noeli Menezes, da CNN em Brasília
22 de julho de 2020 às 11:25
Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão deliberativa virtual
Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados (26.mai.2020)

A Câmara aprovou nesta quarta-feira (21) a medida provisória 942, que destina às ações do governo federal de enfrentamento à pandemia crédito extraordinário de cerca de R$ 639 milhões provenientes do cancelamento de emendas do relator-geral do Orçamento de 2020, deputado Domingos Neto (PSD-CE).

Leia também:
Tendência é Senado chancelar texto do Fundeb aprovado pela Câmara
Bolsonaro testa positivo novamente para o Covid-19

Do total dos recursos, R$ 339 milhões são para o Ministério da Educação; R$ 55 milhões, para a Presidência da República; R$ 200 milhões, para o Ministério da Justiça; e R$ 45 milhões para o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

A verba destinada ao MEC deve atender principalmente hospitais de universidades federais que estão atuando em pesquisa e testes de vacinas contra Covid-19.

O texto agora segue para ser votado no Senado.