‘Isso é onda’, diz Mourão sobre suposto atrito com Bolsonaro

As divergências se dariam, por exemplo, em relação ao leilão 5G

Por Igor Gadelha, CNN  
07 de setembro de 2020 às 16:59 | Atualizado 07 de setembro de 2020 às 18:54

O vice-presidente Hamilton Mourão negou à CNN que esteja em rota de colisão com o presidente Jair Bolsonaro, como auxiliares presidenciais dizem nos bastidores. 

“Isso tudo é onda, pois ele (Bolsonaro) nunca tocou nesse assunto comigo”, afirmou o general à coluna, sem esclarecer de onde parte essa “onda”, em sua avaliação.

Segundo apuração do repórter Leandro Magalhães, Bolsonaro nunca esteve tão distante do vice, em razão de dissonância de discursos entre os dois nas últimas semanas.

As divergências se dariam, por exemplo, em relação ao leilão 5G. Enquanto Mourão defende que não se deve limitar empresas pelo seu país de origem, Bolsonaro rechaçou palpites.

“Quem vai decidir o 5G sou eu, não terceiros, ninguém dando palpite por aí, não. Eu vou decidir o 5G”, disse Bolsonaro na quinta-feira (3), no que foi considerado um recado a Mourão.