Guedes é interrompido por ministro e deputado durante coletiva de imprensa

Ministro da Economia falava sobre 'tributos alternativos para desonerar a folha'

Da CNN, em São Paulo
24 de setembro de 2020 às 00:05 | Atualizado 24 de setembro de 2020 às 00:09

Uma cena inusitada marcou a coletiva realizada após a reunião entre membros do grupo da articulação política do governo, do Ministério da Economia e do Palácio do Planalto.

Após o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), terminar sua fala, o ministro Paulo Guedes assumiu o microfone e começou a falar sobre "tributos alternativos para desonerar a folha".

Leia também

Teto de gastos não será afetado, diz líder do governo no Congresso

Guedes: 'precisamos de tributos alternativos para desonerar a folha'

Barros e o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, encerraram a coletiva e o "escoltaram" para fora do púlpito. Com as mãos para o alto, Guedes disse que foi interrompido pela “articulação política”.

O ministro da Economia, Paulo Guedes
Foto: CNN (23.set.2020)

(Edição do texto: Paulo Toledo Piza).