De olho no STF, aliados articulam encontro entre Bretas e Bolsonaro


Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
28 de setembro de 2020 às 09:08 | Atualizado 28 de setembro de 2020 às 09:18
 
 

Aliados em comum de Jair Bolsonaro e Marcelo Bretas intensificaram nos últimos dias o lobby para que o presidente indique o juiz federal para a vaga do ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF).

Essa articulação aumentou principalmente após o decano da corte anunciar, na última sexta-feira (25), que antecipará sua aposentadoria de 1º de novembro para 13 de outubro deste ano.

Leia também:
Bolsonaro convida Jorge Oliveira para falar sobre vaga no STF
Senado vai sabatinar novo ministro do STF ainda neste ano

Aliados em comum de Bretas e Bolsonaro tentam articular um encontro entre o magistrado e o presidente para as próximas duas semanas. O movimento inclui senadores e auxiliares presidenciais.

Juiz Marcelo Bretas discursando

Juiz Marcelo Bretas fala durante Simpósio de Combate à Corrupção, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, em 2018

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O nome de Bretas agrada lideranças evangélicas – o magistrado é evangélico – e a alguns integrantes do clã Bolsonaro. Nas últimas semanas, o juiz foi punido por participar de eventos políticos ao lado do presidente.