'Faça a lei, faça a burla', diz Garcia sobre irregularidades apontadas pelo TSE

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou irregularidades em cerca de R$ 25 milhões movimentados nas eleições deste ano

Da CNN
28 de outubro de 2020 às 12:32


 

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (28), Alexandre Garcia comentou sobre um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que apontou irregularidades em cerca de R$ 25 milhões movimentados nas eleições deste ano. São casos de doações feitas por pessoas desempregadas e de fornecedores que não têm registro ativo na Junta Comercial. 

Leia também:
Acordos políticos dificultam privatizações, diz Guedes
BC divulga regulamentação de 'laboratório de testes' de projetos inovadores
Bombeiros seguem nesta quarta com trabalho de rescaldo no hospital de Bonsucesso
Desempregados doaram R$ 15,9 milhões a candidatos, diz TSE

"Tem uma represa que é posta pela lei, mas começa a haver furo na represa, então põe um dedo para tapar o furo, mas não existem dedos para tapar todos os furos. Faça a lei, faça a burla. A solução seria tirar o dinheiro público. Mas aí vem a história do abuso do poder econômico, de que quem tem mais dinheiro tem vantagem. Mas temos de perguntar. Nós, eleitores, somos compráveis?".

Veja também a participação de Sidney Rezende.

(Edição: André Rigue)