Waack: Verdadeiro poder do presidente é ditar agenda política do país

Para o jornalista, crítica feita hoje dentro do Congresso a Jair Bolsonaro é que ninguém sabe muito bem o que o governo quer

Da CNN
18 de novembro de 2020 às 10:00 | Atualizado 18 de novembro de 2020 às 10:11

No quadro CNN Poder desta quarta-feira (18), na CNN Rádio, William Waack diz que falta “direção e sentido” do Executivo em relação aos assuntos de importância que devem dominar a agenda política do país.

“Estamos complicando a questão do ponto de vista político. O verdadeiro poder do presidente da República no nosso sistema é ditar a agenda política, não é a caneta Bic dele”, disse.

“É capacidade de dizer o que vai acontecer, o que ele quer que aconteça. E é essa crítica que é feita hoje dentro do Congresso: ninguém sabe muito bem o que o governo quer”, completou.

Assista e leia também:
Bolsonaro revê estratégia e avalia se filiar ao Centrão
Para Maia, resultado das eleições 'é sinal forte' por mais mulheres e minorias
Mercado queria já, mas governo indica que só vai votar reformas após 2º turno

Ele disse ainda que, com o fim do primeiro turno das eleições municipais era esperado que as pautas para acelerar a recuperação econômica e enfrentar a pandemia já deviam estar em discussão no Congresso, mas que isso não está acontecendo.

“Em parte, porque falta direção e sentido vindo do Executivo. Mas em grande parte por um fenômeno que precede, inclusive, a eleição de Jair Bolsonaro (sem partido) e só se tornou mais grave: o tal apagão da gestão pública brasileira.”