Michel Temer vota em SP poucos minutos após a abertura das urnas

No primeiro turno, ex-presidente também foi um dos primeiros eleitores a votar em sua zona eleitoral na capital paulista

Da CNN, em São Paulo
29 de novembro de 2020 às 07:36 | Atualizado 29 de novembro de 2020 às 07:38


O ex-presidente Michel Temer (MDB) votou nos primeiros minutos após a abertura das urnas em São Paulo, na manhã deste domingo (29).

Temer chegou pouco antes das 7h na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em Perdizes, Zona Oeste da capital, e aguardou no carro até a abertura da zona eleitoral. No primeiro turno, o ex-presidente também chegou cedo para votar no local.

Leia também:
2º turno das eleições 2020: 38 milhões de brasileiros vão às urnas neste domingo
Veja como vai ser votar durante a pandemia da Covid-19
Não votei no primeiro turno, posso votar no segundo?

Acompanhado de um segurança, Temer higienizou as mãos com álcool em gel antes de entrar na seção e precisou de uma caneta emprestada para assinar. Na sequência, ele votou rapidamente na cabine e, na saíde, falou com alguns jornalistas que aguardavam o local.

Michel Temer vota na PUC-SP durante o segundo turno das eleições municipais
Foto: CNN Brasil (29.nov.2020)

(Publicado por: André Rigue)