Vídeo mostra assédio sexual contra deputada durante sessão na Alesp


Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
17 de dezembro de 2020 às 19:45 | Atualizado 17 de dezembro de 2020 às 21:01

 

Em sessão da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) da última quarta-feira (16), a deputada Isa Penna (PSOL) foi alvo de assédio e sofreu importunação sexual do deputado Fernando Cury (Cidadania).

A deputada protocolou ação contra Cury nesta quinta-feira (17) no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Alesp, que informou que vai avaliar o caso. A ação trata da “conduta inadequada e repugnante do parlamentar" e identifica o caso como importunação sexual e quebra de decoro e ética. 

“Além do contato forçado, o toque ocorre em região íntima do corpo”, discorre o documento. “O acusado ao se aproximar da deputada se coloca imediatamente atrás do seu corpo, tocando região íntima do corpo feminino.”

“O ato, para além de libidinoso, é cometido também sem qualquer tipo de anuência da deputada”, segue a ação.Diante do exposto, a deputada Isa Penna pede pela perda de mandato de Cury e aplicação das demais penalidades, quais sejam advertência e censura. A ação foi protocolada nesta quinta-feira (17).

Ainda nesta quinta, a deputada também registrou um boletim de ocorrência sobre o assédio sofrido na Alesp. A CNN procurou o deputado Fernando Cury, que disse, em nota, que não quis desrespeitar a colega.

Deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) coloca mão no seio de deputada estad
Deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) coloca mão no seio de deputada estadual Isa Penna (PSOL) durante sessão na Alesp (15.dec.2020)
Foto: CNN Brasil


Em nota, os presidentes nacional e estadual do Cidadania, sigla de Cury, disseram que o caso foi encaminhado ao Conselho de Ética do partido "para que sejam tomadas providências cabíveis e efetivas". 

Veja a nota de Fernando Cury:

"A respeito dos fatos citados, esclareço que em nenhum momento houve o sentido de desrespeitar a colega deputada Isa Penna durante esse gesto.

De fato, me aproximo dela para participar da conversa junto ao presidente da Casa, sem incitação ou conotação de tal cunho relacionado à violência contra a mulher.

No momento, ao perceber a reação da deputada Isa Penna, fiz questão de pedir desculpas para evitar qualquer mal entendido. Logo no começo do vídeo divulgado, se exibido na íntegra, é possível ver que estou “abraçado” a outro colega deputado, demonstrando assim que meu comportamento em nada tem a ver com a denúncia.

No próprio plenário, já me pronunciei sobre o caso e fico à disposição para qualquer esclarecimento.

Sou casado, pai de dois filhos e reconheço a importância de um bom exemplo dentro de casa. Recrimino todo tipo de abuso e violência contra a mulher, e reforço meu respeito e luta para nessa questão de grande relevância e destaque para nossa sociedade.

Fernando Cury
deputado estadual"

Veja a nota do Cidadania:

"Nota de esclarecimento

“Com relação ao episódio envolvendo o deputado estadual Fernando Cury, o Cidadania analisando as imagens, exige as devidas explicações do parlamentar e encaminha o caso ao nosso Conselho de Ética, para que ouvido o representado, sejam tomadas providências cabíveis e efetivas. A legenda não tolera qualquer forma de assédio e atuará fortemente para que medidas definitivas sejam adotadas. Temos uma história de luta em defesa dos direitos da mulher que nenhuma pessoa pode macular. ”

Brasília, 17 de dezembro de 2020

Arnaldo Jardim- presidente estadual do Cidadania de São Paulo

Roberto Freire- presidente nacional do Cidadania"