Em busca de apoio, Arthur Lira procura governadores do partido de Maia

Candidato favorito do Palácio do Planalto à presidência da Câmara faz ofensiva em busca de apoio no DEM, partido de Rodrigo Maia

Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
11 de janeiro de 2021 às 11:23
O deputado federal Arthur Lira, durante evento que oficializou sua candidatura à
O deputado federal Arthur Lira, candidato à presidência da Câmara
Foto: CNN 

Candidato favorito do Palácio do Planalto à presidência da Câmara, o deputado Arthur Lira (PP-AL) fará nesta segunda-feira (11) uma ofensiva em busca de apoio no DEM, partido do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de quem é adversário na disputa.

Lira deve se encontrar com dois governadores da legenda. Almoçará em Palmas com o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, e jantará em Goiânia com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado. Nas duas cidades, também terá reunião com deputados desses estados.

Leia também:
Baleia e Lira disputam comando da Câmara voto a voto e contam com 'traições'
Após conversa com Bolsonaro, líder do governo desiste de ser candidato no Senado
Deputados pró-Lira articulam afrontar Maia e autoconvocar cúpula da Câmara

O grupo de Lira calcula ter, hoje, apoio de 14 dos 29 deputados do DEM. Entre esses parlamentares estão Elmar Nascimento (BA), até então um dos principais aliados de Maia, e Luís Miranda (DF). Este último gravou vídeo na semana passada anunciando oficialmente voto no candidato do PP.

Além do DEM, Lira pretende intensificar ofensiva por votos da oposição. Para isso, deve viajar a pelo menos sete estados do Nordeste nesta semana, para encontrar governadores, a maioria de siglas da esquerda: Maranhão, Piauí, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Sergipe e Rio Grande do Norte.

Destaques do CNN Brasil Business
Alta do Bitcoin pode ser "a mãe de todas as bolhas", diz Bank of America
Maior feira de tecnologia do mundo, CES começa nesta segunda. Veja o que esperar
DPVAT: Saiba por que o seguro não será cobrado neste ano

O candidato do Progressistas ainda disputa com Baleia Rossi (MDB-SP), candidato à presidência da Câmara do grupo de Maia, o apoio de partidos médios do Centrão. Entre eles, o Solidariedade, que tem 13 deputados, e o PTB, com 11 parlamentares.