Preterido, Sampaio diz que Lira o convidou para relatoria

Parlamentar manifestou-se por meio de nota oficial

Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
19 de fevereiro de 2021 às 11:18 | Atualizado 19 de fevereiro de 2021 às 11:38
Carlos Sampaio
O deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) discursa na Câmara dos Deputados
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

Preterido na escolha da relatoria do caso Daniel Silveira, o deputado federal Carlos Sampaio disse nesta sexta-feira (19) que foi o próprio presidente da Câmara, Arthur Lira, que o convidou para relatar o caso. Ele se disse surpreendido com a mudança e escolha da nova relatora, Magda Moffato, do PL.

“Obviamente fui surpreendido com essa decisão de mudança do relator, ocorrida no final da noite de ontem, quando já estava fazendo a análise de todos os aspectos processuais e de mérito que envolvem a questão do Deputado Daniel Silveira. Registro que minha surpresa decorreu, principalmente, pelo fato da minha indicação ter sido feita durante uma discussão do colégio de líderes, sendo que foi o próprio presidente Arthur Lira quem me ligou, perguntando se eu aceitava a escolha, ao que, prontamente, respondi que sim”, disse em nota.

 

Ele também sugere que as declarações que deu após sua escolha, de que conduziria o caso com “equilíbrio e sensatez”, possa ter interferido na mudança.

“Em minhas entrevistas, logo após ter sido indicado como relator, deixei claro que o caso seria analisado com a "sensatez e equilíbrio" necessários para uma questão dessa dimensão política e institucional. Não sei se isso preocupou algum partido ou parlamentar e quero crer que não.  Mas o certo é que o presidente da câmara tem essa prerrogativa e pode, de fato, indicar novo relator.”