Relatora diz que ainda não decidiu se defenderá manter prisão de Daniel Silveira

A deputada disse que não pretende ouvir Silveira, porque, se o fizesse, teria que “ouvir o Judiciário”

Larissa Rodrigues e Noeli Menezes
19 de fevereiro de 2021 às 12:20
Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)
Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)
Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

 

A deputada Magda Mofatto (PL-GO), relatora do processo que discutirá na Câmara a manutenção ou não da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), afirmou nesta sexta-feira (19) à CNN que ainda não se decidiu se fará um parecer favorável à decisão do Supremo Tribunal Federal ou se pedirá a soltura do colega parlamentar.

“Não tenho definido ainda se vou ou não manter a decisão do STF”, declarou a relatora. 

Ela disse que ainda está “analisando” o caso. “Não é um fato que a gente pode tomar uma decisão de supetão. Tem de analisar palavra por palavra o que ele [Silveira] falou.”

 

Questionada se considerava difícil a tarefa de relatar um processo contra um colega, ela afirmou que “é a tarefa que nos foi dada e temos que cumpri-la com o máximo de exatidão possível”. 

A deputada disse que não pretende ouvir Silveira, porque, se o fizesse, teria que “ouvir o Judiciário”. “Estou numa situação quase de julgamento, preciso me manter centrada e terminar o meu trabalho." 

Magda afirmou ainda que vai fazer um “relatório curto, de no máximo dez páginas”. Ela acredita que a sessão, convocada para começar às 17h desta sexta-feira deve demorar e ir até o final da noite, início da madrugada.