Alexandre de Moraes, do STF, nega pedido de liberdade de Daniel Silveira

Ministro afirmou que só vai reavaliar a situação do parlamentar após o Supremo analisar se recebe ou não a denúncia oferecida pela PGR

Thais Arbex
Por Thais Arbex, CNN  
11 de março de 2021 às 15:23 | Atualizado 11 de março de 2021 às 16:36

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou pedido de liberdade do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

Em despacho nesta quarta-feira (10), o ministro afirmou que só vai reavaliar a situação do parlamentar após o Supremo analisar se recebe ou não a denúncia oferecida pela PGR (Procuradoria-Geral da República).

Segundo Moraes, “qualquer irresignação contra a decisão que decretou a prisão, além de poder ser novamente suscitada por ocasião da apresentação da resposta, será devidamente examinada quando da análise do recebimento da denúncia”.

Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)
Ministro negou pedido de liberdade apresentado pela defesa do deputado federal
Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

A denúncia contra Silveira deveria ser julgada pelo plenário do Supremo na sessão desta quinta-feira (11), mas Moraes atendeu a um pedido da defesa do deputado e reabriu o prazo para que os advogados contestem a acusação. 

Agora, os advogados terão mais 15 dias para apresentar resposta à acusação.