Governo está sendo tragado pela CPI da Pandemia, diz cientista político

Desempenho político terá de ser melhorado para evitar dano maior adiante, afirma Murillo de Aragão

Da CNN, em São Paulo
30 de abril de 2021 às 01:22

O governo federal está tendo dificuldades em lidar com a CPI da Pandemia instalada no Senado e pode sofrer danos políticos caso siga com a estratégia atual de enfrentamento, avalia o cientista político Murillo de Aragão em entrevista à CNN.

"O governo está sendo tragado pela CPI da Pandemia. O agravamento da pandemia colocou a CPI na ordem do dia e divide os esforços do governo entre a retomada e se defender dentro do Senado, por ser uma questão política muito importante", afirma.

Ele aponta que "a tropa de choque até existe, mas a falta de coordenação é a impressão generalizada. O governo optou por uma estratégia de confronto, não só dentro do Senado mas com o Supremo Tribunal Federal (STF), o que não é o ideal já que o tema vai se desenvolver de qualquer maneira. Com o desenrolar da CPI, o governo terá de melhorar seu desempenho político para evitar um dano maior adiante".

O cientista político Murillo de Aragão (29.abr.2021)
O cientista político Murillo de Aragão (29.abr.2021)
Foto: Reprodução/CNN

O futuro é incerto, diz Aragão. "Temos que aguardar os próximos desdobramentos da pandemia, que ainda são nebulosos por conta de uma eventual terceira onda. Se nos próximos meses a vacinação ocorrer com maior intensidade e a economia começar a acordar também com mais intensidade, o dano do debate será menor".