Bolsonaro questiona origem da Covid-19: Ninguém sabe se nasceu em laboratório

O presidente da República também voltou a criticar as medidas de restrição contra a Covid-19 e prefeitos e governadores, em um evento na Semana das Comunicações

Da CNN, em São Paulo
05 de maio de 2021 às 18:29 | Atualizado 05 de maio de 2021 às 19:00

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) questionou a origem da Covid-19 em um evento na Semana das Comunicações, nesta quarta-feira (5). De acordo com o presidente, não há como saber se o novo coronavírus "nasceu em laboratório". 

"É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou por algum ser humano ingerir um animal inadequado", disse Bolsonaro. "Qual o país que mais cresceu o seu PIB? Não vou dizer para vocês", complementou o presidente.

No mesmo pronunciamento, Bolsonaro voltou a criticar as medidas de restrição contra a Covid-19 e prefeitos e governadores. Ele afirmou que avalia editar um decreto para garantir a "liberdade de culto, de poder trabalhar e o direito de ir e vir".

O presidente voltou a afirmar que "homens e mulheres seguem impedidos de ir à praia ou à igreja", se referindo às medidas de isolamento decretadas por governadores e prefeitos para contenção da disseminação do coronavírus.

“Peço a Deus que não tenha que baixar esse decreto, mas se baixar ele será cumprido. Com todas as forças que todos os meus ministros têm. E não será contestado esse decreto. Não ousem contestar, quem quer que seja. Sei que o legislativo não contestará, afinal, vocês fizeram a Constituição de 88, ali está a alma do povo.”

A CNN procurou a Embaixada da China do Brasil, mas ainda não houve resposta. O Ministério da Economia afirmou que não vai comentar as falas do presidente Jair Bolsonaro. 

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em evento da Semana das Comunicações (05.mai.2021)
Foto: Reprodução / CNN