Ida de Eduardo Paes ao PSD faz Rodrigo Maia repensar seu destino

Maia decidiu deixar o Democratas após não conseguir eleger seu sucessor para a presidência na Câmara dos Deputados e pensava em se filiar ao MDB

Da CNN, em São Paulo
05 de maio de 2021 às 19:11 | Atualizado 05 de maio de 2021 às 19:11

Após o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciar que vai sair do Democratas para se filiar ao PSD, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, que também decidiu deixar a legenda, repensa sua mudança de partido. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

Maia decidiu deixar o DEM após não conseguir eleger seu sucessor para a presidência na Câmara dos Deputados e pensava em se filiar ao MDB. A mudança de Paes para o PSD, porém, fez com que repensasse a mudança.

Encontro com Lula

Nesta terça-feira (5), Maia teve um encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O encontro sela um movimento do petista de tentar refazer pontes com representantes do pensamento de centro e marca uma primeira ofensiva pela união das oposições ao governo Jair Bolsonaro no berço da família presidencial, o Rio de Janeiro.

Segundo aliados, o encontro foi muito cordial. Lula pediu unidade de ação no Rio de Janeiro - isso depois de ter sinalizado que fará força para catapultar o nome de Marcelo Freixo (PSOL) no estado.

Maia, por sua vez, acenou com a necessidade de uma atuação mais consistentes de grupos que discordam de algumas pautas do bolsonarismo no Congresso.

Eleito neste domingo (29), Eduardo Paes (DEM) discursa após resultado da eleição
Eleito neste domingo (29), Eduardo Paes (DEM) discursa após resultado da eleição
Foto: CNN (29.nov.2020)