Morte de Bruno Covas repercute na imprensa internacional

Jornais, agências de notícias e ex-prefeito de Nova York falaram sobre a morte do prefeito de São Paulo após luta contra câncer

Da CNN, em São Paulo
16 de maio de 2021 às 20:44

 

A morte de Bruno Covas neste domingo (16), vítima de câncer, repercutiu na imprensa internacional. Jornais e personalidades pelo mundo deram destaque ao assunto. 

O jornal espanhol "El PaÍs" lembrou da vida e da carreira de Covas, escrevendo que, a exemplo do avô, Mário Covas, o câncer interrompeu a vida dele. A publicação fez um histórico da vida e carreira de Bruno e disse que ele era visto como uma esperança de renovação no PSDB, que "viu a influência nacional diminuir após o fim da presidência de Fernando Henrique Cardoso".

A Bloomberg lembrou a batalha de dois anos contra o câncer de Bruno Covas e seu início cedo na política. Destacou a relação com o avô, a quem Bruno dava o crédito por tê-lo "ensinado a amar a democracia e a trabalhar para melhorar a vida das pessoas". A agência de notícias disse que a morte gerou reações de vários políticos no país, que elogiaram a coragem de Bruno Covas.

Bruno Covas, em 2020, como candidato à Prefeitura de São Paulo
Foto: Valério Gonçalvez/Estadão Conteúdo


Na Argentina, o jornal "Clarín" falou da comoção nas redes sociais e publicou um perfil dele. "Formado em Direito e com imagem de administrador moderado em meio à polarização política do Brasil, foi diagnosticado, em outubro de 2019, com um câncer no aparelho digestivo, que posteriormente afetou seus gânglios linfáticos, fígado e ossos", relatou.

O ex-prefeito de Nova York Mike Bloomberg usou as redes sociais para lamentar a morte de Covas. "Covas foi um líder ousado e criativo, que ajudou a tornar o motor econômico do Brasil uma das cidades mais inovadoras da região.  Ele foi um prefeito cooperativo e inspirador, com grandes ideias, e ficamos felizes de termos trabalhado com ele por meio de nosso 'Mayors Challenge' --em que liderou a tarefa de colocar a ideia vencedora em São Paulo em ação-- e nosso programa de liderança executiva para prefeitos", escreveu no Twitter, neste domingo (16).