Doria confirma cirurgia, mas nega afastamento do cargo

Declaração foi feita durante coletiva de imprensa marcada pela antecipação do calendário de vacinação no estado

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo
11 de julho de 2021 às 14:04 | Atualizado 12 de julho de 2021 às 00:29
Governador de São Paulo, Joao Doria, em coletiva de imprensa
Governador de São Paulo, Joao Doria, em coletiva de imprensa sobre vacinação em SP (11-07-2021)
Foto: Reprodução / CNN

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmou que passará uma cirurgia no dia 6 de agosto, mas negou que se afastará do cargo.

A declaração do chefe do Executivo paulista -- que sofre com um problema de hérnia -- foi feita durante coletiva de imprensa neste domingo (11), no Palácio dos Bandeirantes, marcada pela antecipação do calendário de vacinação no estado.

"Tive que programar [a cirurgia] para o dia 6 de agosto, embora a recomendação médica é de que deveria ser imediata", disse Doria. "Não vou me afastar do governo, continuarei à frente do governo. Faço a cirurgia, faço repouso no sábado e domingo (...) e retorno segunda".