Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    À CNN, senadores do PL rechaçam fala de Valdemar sobre apoio a Flávio Dino no STF

    Presidente do partido diz que a escolha de um ministro da Suprema Corte é um direito do mandatário do Palácio do Planalto

    Leandro Magalhãesda CNN

    Brasília

    Senadores do Partido Liberal (PL), ouvidos pela CNN nesta quinta-feira (28), rechaçaram a possibilidade de apoio ao nome do atual ministro da Justiça, Flávio Dino, caso ele seja indicado pelo presidente Lula (PT) ao Supremo Tribunal Federal (STF).

    “Essa é uma opinião pessoal do Valdemar. Não irei apoiar essa indicação”, relatou um senador na condição de anonimato à reportagem.

    Outros senadores relataram que a fala de Valdemar à CNN chateou e surpreendeu a bancada, que não tem esse mesmo entendimento.

    “Flávio Dino demonstra truculência já agora, e essa será a forma de agir como ministro, relatou outro senador.

    “Devemos votar a favor”

    Nesta quinta-feira, o presidente nacional do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, disse à CNN que a escolha de um ministro da Suprema Corte é um direito do mandatário do Palácio do Planalto.

    “Se for um cidadão preparado, que é o caso, devemos votar a favor”, relatou ao analista de política da CNN Gustavo Uribe.

    Valdemar ainda lembrou que já discutiu o assunto com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na época da indicação de Cristiano Zanin.

    Na votação de Zanin, o ex-advogado de Lula recebeu posições favoráveis de senadores de oposição.

    Lula deve decidir até o final de outubro o substituto da ministra Rosa Weber. Ele disse que não tem pressa e avaliou que as questões de gênero e de raça não devem ser prioritárias na escolha.

    Além de Dino, são considerados favoritos o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, e o advogado-geral da União, Jorge Messias.

    VÍDEO – Messias: Espero gestão voltada à harmonia entre Poderes