‘A gente só pode lamentar, né?’, diz Mourão sobre 100 mil mortes por Covid-19

Em fala rápida à imprensa, em sua chegada ao Palácio do Planalto, vice-presidente afirmou que já perdeu três amigos para a doença

Natália André, da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

O vice-presidente, general Hamilton Mourão, lamentou a marca de mais de 100 mil mortos pelo novo coronavírus no Brasil no final de semana. Em fala rápida à imprensa, em sua chegada ao Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (10), ele disse que já perdeu três amigos para a doença.

“A gente só pode lamentar, né? Já falei que já perdi três amigos pra essa doença”, comentou.

Mourão também foi questionado sobre o interesse do Brasil em participar de alianças mundiais para a vacina de prevenção da COVID-19. Sobre o tema, o vice disse não ter informação e pediu que a imprensa falasse com o Ministério da Saúde.

Leia mais:
‘É bom não contar tanto com a vacina’, alerta ex-presidente da Anvisa
Tratamento promissor da Covid-19 é teste para a distribuição de vacinas nos EUA

Amazônia

Repercutindo uma reportagem do jornal “Folha de S.Paulo” sobre um levantamento da ONG Greenpeace, que mostra que, no ‘Dia do Fogo’ do ano passado, o Brasil distribuiu poucas multas ambientais, Hamilton Mourão brincou que não era do seu conhecimento. “Isso foi ano passado. Se acontecer esse ano, tu me cobra!”, completou.

Em 10 de agosto de 2019, dos 207 incêndios, o país multou apenas 5%. Além disso, metade deles aconteceu em áreas com CAR (Cadastro Ambiental Rural), ou seja, de fácil identificação do proprietário.

Mais Recentes da CNN