Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    A ministros do STF, Lula diz que vai trabalhar para diminuir judicialização da política

    Presidente eleito se reuniu com os magistrados da Corte e prometeu pacificação entre poderes

    Thais ArbexCaio Junqueira

    No encontro da tarde desta quarta-feira (9) com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que, durante seu governo, vai trabalhar para diminuir a judicialização da política. De acordo com integrantes da Corte ouvidos pela CNN, o petista afirmou que não faz sentido uma série de questões que podem ser resolvidas no âmbito da política pararem no Supremo.

    De acordo com ministros, Lula também fez um relato sobre a disputa eleitoral deste ano. Segundo os magistrados, o presidente eleito afirmou que nunca tinha participado de uma eleição tão acirrada e com uso expressivo de forças do Estado. Lula citou especificamente as polícias.

    O petista também falou sobre as fakes news e, neste momento, o ministro Gilmar Mendes fez uma defesa enfática do inquérito que apura as notícias fraudulentas. O decano da Corte lembrou que a investigação, sob a relatoria de Alexandre de Moraes e pelo ministro Dias Toffoli, quando estava na presidência do Supremo, foi fundamental para frear uma série de ações.

    Ainda de acordo com ministros, Lula afirmou que ir vai trabalhar pela “pacificação” entre Executivo e Judiciário e pela normalização da relação entre os Entre os três Poderes.

    Lula também falou em um olhar especial para os mais pobres no seu governo. Segundo ministros, a conversa foi descontraída.