Acionistas privados da Petrobras estão tendo superlucro, diz deputado

Deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) afirmou à CNN que a Petrobras tem uma taxa de lucro fora do padrão

Vinícius Tadeuda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) trabalha na modelagem de um voucher para caminhoneiros e no aumento do vale-gás. O plano é adotar os dois benefícios como resposta do governo à alta dos combustíveis.

Em entrevista à CNN nesta quinta-feira (23), o deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) afirmou que a Petrobras tem uma taxa de lucro fora do padrão.

“O governo vai ter que aprovar uma PEC que permita a utilização desse recurso que ele tem em caixa. Os recursos que a Petrobras repassa na forma de royalties e impostos e dividendos, ele pode fazer. Mas é importante pensar o seguinte: esses acionistas privados da Petrobras estão tendo um superlucro”, disse.

De acordo com o deputado, o problema está na paridade internacional de preços.

“A Petrobras, dentre as empresas petroleiras, detém 30% dos lucros. Então, ela tem uma taxa de lucro absolutamente fora do padrão. Essa taxa de lucro vem uma parte pequena para o governo, cerca de 30 a 35% e o restante para acionistas privados, principalmente no exterior. Tem que ser resolvido o problema da paridade internacional de preços. Têm que ser resolvidos os superlucros”, afirmou.

Zarattini afirmou que o Brasil conta com vantagens na produção de petróleo em comparação com outros países.

“O Brasil tem uma vantagem em relação aos outros países do mundo. Nós temos bastante petróleo, nós produzimos mais de 3 milhões e 300 mil barris de petróleo por dia. Consumimos 2 milhões e 700 mil”, disse.

“O governo deveria fazer com que essa empresa que é pública, que é brasileira, que é uma empresa grande, atenda aos interesses do povo brasileiro em primeiro lugar. Isso que tem que ser feito”, completou.

Mais Recentes da CNN