Acusações contra o governo federal pautam falas de Witzel à CPI; veja frases

Ex-governador do Rio de Janeiro prestou depoimento à CPI da Pandemia nesta quarta-feira (16)

Wilson Witzel presta depoimento à CPI
Wilson Witzel presta depoimento à CPI Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Gregory Prudenciano e Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Testemunha desta quarta-feira (16) a depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) fez uma série de acusações contra o governo federal.

Entre elas, de que a administração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que passou de aliado a adversário político de Witzel, trabalhou pela “imunidade de rebanho” na condução da pandemia de Covid-19 e de que o Ministério da Saúde não quis cooperar com o Rio de Janeiro.

Witzel ainda falou em sabotagem supostamente feita por políticos aliados de Bolsonaro na construção de hospitais de campanha e na implantação de medidas de isolamento social no estado.

Segundo o ex-governador, que em 30 de abril sofreu um impeachment sob acusações de fraudar contratos na área da Saúde, o governo federal agiu para pressionar governadores e fragilizar os estados, a fim de impedir restrições ao funcionamento do comércio e até dificultar a obtenção de insumos necessários para o tratamento de pacientes com Covid-19.

A seguir, veja algumas das frases de Wilson Witzel aos parlamentares da CPI:

 

Mais Recentes da CNN