Alexandre Garcia: Crise de abstinência move muita gente para as ruas

No quadro Liberdade de Opinião, o jornalista avaliou as manifestações que aconteceram no sábado (3) em diversas cidades do país contra o governo Bolsonaro

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda-feira (5), Alexandre Garcia avaliou as manifestações que aconteceram no sábado (3) em diversas cidades e capitais do país contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

O público levou faixas e bandeiras que pediam o impeachment de Bolsonaro e questionavam as mais de 500 mil mortes em decorrência da Covid-19 registradas no país. Essa é a terceira manifestação organizada por opositores do governo nos últimos dois meses.

“Em relação ao dia 19 de junho, parece que [a manifestação] diminuiu, não sei se é pelo frio. Agora, a gente não sabe se é contra ou a favor [do governo]. Quando se vê manifestações violentas, quebrando agências bancárias, enfrentando a polícia, quebrando pontos de ônibus, passa a mensagem que é isso que querem, a violência. Houve um tempo em que era mais fácil fazer manifestações, porque tinha o imposto sindical, Lei Rouanet, Petrobras soltando dinheiro por fora. Agora, há certa crise de abstinência que move muita gente. Não é só contra o Bolsonaro”, disse o jornalista. 

“Isso aí [as manifestações contra o governo], na verdade, não é questão de vacina, é uma questão de eleição do ano que vem, de que tem que evitar a reeleição de Bolsonaro, porque está indicando que vai [se reeleger].”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (05.jul.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN