Anastácio: Hipócritas de hoje defendem o que antes bradavam contra adversários

No quadro Liberdade de Opinião, Thiago Anastácio analisa ação de Bolsonaro no Supremo contra requerimentos da CPI da Pandemia

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta quinta-feira (28), o comentarista Thiago Anastácio repercutiu a ação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra os requerimentos da CPI da Pandemia.

Por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), Bolsonaro solicita que o acesso às redes sociais seja mantido e que seus dados telemáticos não tenham quebra de sigilo. No documento, a AGU defende que Bolsonaro não participou da CPI como testemunha e que, como presidente da República, não pode ser investigado no âmbito de uma comissão parlamentar de inquérito. O ministro Alexandre de Moraes foi escolhido relator do caso.

“Infelizmente, continuamos vivendo num país dotado pela hipocrisia, estupidez, falta de conhecimento histórico. Não temos memória nem recente nem mais alongada sobre o passado”, disse Anastácio. “Os hipócritas de hoje argumentam em petições coisas que antes bradavam contra seus adversários.”

“O direito não pode ser contaminado por algo libertino como a hipocrisia política, que estamos cada vez mais vivendo no Brasil. Li estupefato o mandado de segurança apresentado pela AGU em nome do presidente da República. Jair Bolsonaro, seus asseclas e toda essa linha política que hoje está no poder eram quem falavam ‘precisamos investigar a presidente da República, ela está no cargo praticando crimes'”, continuou o comentarista.

“Se alguém pode ser processado criminalmente junto ao STF e se pode ser alvo de um julgamento pelo Senado, é óbvio que ele pode ser investigado, com as travas constitucionais colocadas”, disse. “Não se pode de modo judicial ou politicamente dizer que era o A contra o inimigo e o B contra meu aliado.”

O Liberdade de Opinião teve a participação de Thiago Anastácio e Marcelo Knopfelmacher. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Thiago Anastácio no quadro Liberdade de Opinião / CNN Brasil (28.out.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.
(Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN