Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Após anúncio de doação bilionária para o Fundo da Amazônia, EUA não participarão de cúpula

    Segundo os Estados Unidos, a ausência se dá por falta de convite do governo brasileiro; outros doadores, como Noruega e Alemanha, estarão na Cúpula da Amazônia, em Belém

    Cúpula da Amazônia será realizada entre os dias 8 e 9 de agosto
    Cúpula da Amazônia será realizada entre os dias 8 e 9 de agosto Jens Büttner/picture alliance via Getty Images

    Pedro Teixeirada CNN

    Em Brasília

    O Brasil sedia nesta semana a Cúpula da Amazônia. O encontro, em Belém (PA), deve receber representantes de 15 países, incluindo duas nações europeias que têm financiado fortemente as políticas de proteção da biodiversidade: Noruega e Alemanha.

    Em abril, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou uma doação de R$ 2,5 bilhões para o Fundo Amazônia. A quantia ainda não foi oficialmente enviada pelos americanos, mas colocaria o país entre os maiores doares do fundo.

    Mesmo diante da decisão de Biden, os EUA não foram convidados pelo Brasil para a cúpula.

    Vídeo: Entenda os desafios que serão discutidos na Cúpula da Amazônia

     

    Em fevereiro, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e o enviado especial para o Clima dos Estados Unidos, o ex-senador John Kerry, se encontraram em Brasília e sinalizaram um interesse mútuo na participação dos Estados Unidos em políticas de proteção do meio ambiente na Amazônia.

    Integrantes da diplomacia brasileira disseram à CNN, em caráter reservado, que representantes americanos chegaram a se preparar para participar do encontro em Belém mas que, com a falta de convite do Brasil, o planejamento foi descartado.

    Fundo Amazônia

    O fundo foi criado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2008, ainda no seu segundo mandato.

    Atualmente, estão depositados R$ 3,4 bilhões, sendo que R$ 3,1 bilhões foram doados pela Noruega, R$ 192 milhões pela Alemanha e o valor restante pela Petrobras.

    O governo norueguês anunciou os integrantes de sua comitiva: Andreas Dahl-Jørgensen, diretor da Iniciativa Internacional da Noruega para Clima e Forestas (NICFI); Vedis Vik, enviada para Clima e Floresta; Annette Bull, ministra conselheira; e Rafael Volochen, assessor para Clima e Floresta.

    Pela Alemanha, o secretário de Estado Parlamentar do Ministério para Cooperação e Desenvolvimento Econômico do país, Niels Annen, participará da cúpula.