Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Após colapso de mina da Braskem, Celso Sabino e Marcelo Freixo vão a Maceió para “blindar” turismo

    Comitiva de Arthur Lira (PP) vai conversar com empresários do turismo e agentes do governo para evitar crise no setor após afundamento de solo

    O presidente da Embratur, Marcelo Freixo, e o ministro do Turismo, Celso Sabino
    O presidente da Embratur, Marcelo Freixo, e o ministro do Turismo, Celso Sabino Arquivo - Divulgação/Embratur

    Marina Demorida CNN Brasília

    O ministro do Turismo, Celso Sabino, e o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, vão visitar Maceió na manhã de sábado (16).

    A viagem será a convite do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

    A CNN apurou que o objetivo da viagem será buscar um diálogo, com empresários da região e com o poder público, para pensar em conjunto sobre medidas que possam ser adotadas para fomentar o turismo na cidade e evitar que o setor seja afetado pela crise causada pelo afundamento da mina da Braskem, que entrou em colapso e forçou a desocupação de pelo menos três bairros.

    Durante a abertura do Salão Nacional do Turismo, nesta sexta-feira (15), em Brasília, Lira agradeceu a companhia de Sabino e Freixo na viagem, e disse que a intenção é “jogar no lixo” a ideia de que Maceió está afundando.

    “Isso não é justo com Maceió, não é correto com Maceió. E quem é responsável pelo que está acontecendo lá isoladamente vai ter que pagar, mas necessariamente não será nem a cidade, nem o meu Estado, nem o povo daquele lugar”, disse.