Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Após operação da Polícia Federal, deputado propõe projeto de lei para alterar regimento da Abin

    Agência é investigada por uso de software que rastreou jornalistas, políticos e ministros do STF

    Segundo Zarattini, relatórios permitiriam um melhor controle de atividades de inteligência
    Segundo Zarattini, relatórios permitiriam um melhor controle de atividades de inteligência Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação

    Marina Demorida CNN

    Brasília

    O deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) protocolou, nesta quarta-feira (25), um projeto de lei que altera o regimento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

    A proposta é para obrigar que a Abin apresente, a cada três meses, um relatório ao órgão de controle externo da atividade de inteligência, com informações detalhadas sobre operações, ações, produtos de inteligência e bens e serviços utilizados.

    Segundo Zarattini, os relatórios permitiriam um melhor controle das atividades de inteligência por parte da Comissão de Controle das Atividades de Inteligência do Congresso Nacional, e poderiam “evitar a distorção política de programas da Abin”.

    A proposta foi elaborada após operação da Polícia Federal deflagrada na última sexta-feira (20), que teve como alvos dois servidores da ABIN, suspeitos de usar um software de monitoramento para rastrear jornalistas, políticos e até ministros do Supremo Tribunal Federal, sem autorização judicial.

    Tópicos

    Tópicos