Flerte de Alckmin com PT faz PSD e PSDB mudarem planos

No início desta semana, o PSD encomendou uma pesquisa para testar a possível aliança entre Lula e Geraldo Alckmin para as eleições de 2022

Fernanda Pinottida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Resultados preliminares de uma pesquisa encomendada pelo presidente do PSB em São Paulo, Márcio França, mostram que Lula (PT) ganha quatro pontos percentuais de aprovação no eleitorado de São Paulo quando associado ao ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB). As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

No entanto, dentre os eleitores do ex-governador de São Paulo, metade diz não entender a aliança com o ex-presidente petista. Um quarto diz entender e aceitar a associação, e os outros 25% dizem não ter opinião formada sobre.

Alckmin deve sair do PSDB nesta semana, e a legenda já começa a movimentação para 2022, quando planeja uma aliança com o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) nas eleições estaduais.

Rodrigo Garcia (PSDB), vice-governador de São Paulo, deve concorrer ao governo do estado nas próximas eleições e há a possibilidade de que o secretário de Saúde da capital paulista, Edson Aparecido, componha a chapa como vice.

Quando questionado pela âncora da CNN Daniela Lima, o secretário disse que ainda é cedo para falar sobre uma possível candidatura, e que, por enquanto, está focado no combate à pandemia e no avanço da vacinação.

Veja os possíveis candidatos à Presidência da República em 2022

 

Mais Recentes da CNN