Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Aqui não é delegacia!” e “se comporte!”: CPMI do 8/1 é marcada por discursos e bate-bocas; assista

    Comissão será presidida pelo deputado federal Arthur Maia (União-BA); Relatoria ficara a cargo da senadora Eliziane Gama (PSD-MA)

    Otto Alencar pede silêncio a Marcos do Val e é aplaudido na CPMI do 8/1, em 25/05/2023
    Otto Alencar pede silêncio a Marcos do Val e é aplaudido na CPMI do 8/1, em 25/05/2023 Reprodução/TV Senado

    Lucas Schroederda CNN

    em São Paulo

    A primeira reunião da CPMI do 8 de Janeiro, ocorrida no Congresso Nacional nesta quinta-feira (25), foi marcada por discursos e bate-bocas entre os membros da comissão.

    Logo após o início da sessão, às 09h50, o senador Marcos do Val (Podemos-ES) acusou a também senadora Eliziane Gama (PSD-MA), àquela altura favorita para ser escolhida como relatora da comissão, de parcialidade.

    “É necessário que os trabalhos sejam conduzidos tecnicamente e modo isento. Ou seja, sem prejulgamento e tentativas de condenar ou inocentar a priori quem quer que seja. Assim, me parece inadequado que a relatoria seja entregue a um parlamentar diretamente ligado a um grupo. E aqui a relatora é diretamente ligada a um dos investigados”, afirmou do Val.

    Na sequência, o senador Omar Aziz (PSD-AM) — que presidiu a CPI da Pandemia — saiu em defesa da colega de Casa.

    “A senadora Eliziane é uma senadora igual a todos nós. Eu também sou amigo do Flávio Dino, como sou amigo de vários ministros do presidente Lula. Da mesma forma como aqui entre nós há muitas pessoas que são amigas e até parentes do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Nem por isso estamos questionando a presença deles aqui”, disse Aziz.

    “Diferente de outras pessoas que foram convidadas a gravar até ministro para dar um golpe, a senadora Eliziane não tem nada que possa dizer no currículo dela que ela tenha participado de um ato que desabone conduta dela como senadora e como mulher”, completou.

    Otto Alencar pede silêncio a Marcos do Val

    Pouco após o primeiro conflito, Marcos do Val tentou repetidamente interromper a fala do senador Eduardo Girão (Novo-CE). A atitude irritou o presidente interino da comissão, senador Otto Alencar (PSD-BA), que pediu que o microfone do colega fosse desligado.

    “Vossa Excelência falou, todos ouviram. Vossa Excelência está sendo antiético interrompendo seu colega. Ninguém interrompeu Vossa Excelência. Eu sei da sua procedência da polícia, mas aqui é Senado. Aqui não é delegacia de polícia, não. Vossa Excelência se mantenha calado”, exclamou Alencar sob aplausos.

    “Eliziane não vai se mover pelas relações pessoais”, diz Laura Carneiro

    A deputada Laura Carneiro (PSD-RJ) defendeu a escolha de Eliziane Gama para a relatoria da CPMI após as queixas sobre suposta parcialidade.

    “Não existe a possibilidade de uma mulher com a qualidade e com a competência da Eliziane se mover pelas relações pessoais. Suspeito é aquele que é investigado, não é aquele que conhece ou deixa de conhecer qualquer outra pessoa”, disse a parlamentar.

    “Muitos presos não têm ficha criminal”, diz Nikolas Ferreira sobre ataques de 8/1

    Durante sua fala, o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) declarou que membros de esquerda da CPMI não mencionaram um trabalho técnico a ser realizado pela comissão.

    “Se no dia 8 tiver alguém com um ‘currículo’ de um Cesare Battisti, de um Nicolás Maduro, Hugo Chávez, a gente vai condenar”, acrescentou o parlamentar.

    Veja como ficou a configuração da mesa da CPMI do 8/1

    • Presidente: Arthur Maia (União-BA)
    • 1º vice-presidente: Cid Gomes (PDT-CE)
    • 2º vice-presidente: Magno Malta (PL-ES)
    • Relator: Eliziane Gama (PSD-MA)

    Integrantes da CPMI

    Senadores

    • Ana Paula Lobato (PSB-MA)
    • Damares Alves (Republicanos-DF)
    • Davi Alcolumbre (União Brasil-AP)
    • Eduardo Girão (Novo-CE)
    • Esperidião Amin (PP-SC)
    • Fabiano Contarato (PT-ES)
    • Marcelo Castro (MDB-PI)
    • Marcos do Val (Podemos-ES)
    • Omar Aziz (PSD-AM)
    • Otto Alencar (PSD-BA)
    • Rogério Carvalho (PT-SE)
    • Soraya Thronicke (União Brasil-MS)
    • Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB)

    Deputados federais

    • Aluisio Mendes (Republicanos-MA)
    • Amanda Gentil (PP-MA)
    • André Fernandes (PL-CE)
    • Carlos Sampaio (PSDB-SP)
    • Alexandre Ramagem (PL-RJ)
    • Duarte (PSB-MA)
    • Duda Salabert (PDT-MG)
    • Erika Hilton (PSOL-SP)
    • Filipe Barros (PL-PR)
    • Jandira Feghali (PC do B-RJ)
    • Paulo Magalhães (PSD-BA)
    • Rafael Brito (MDB-AL)
    • Rodrigo Gambale (Podemos-SP)
    • Rogério Correia (PT-MG)
    • Rubens Pereira Júnior (PT-MA)

    (Com informações de Fernanda Pinotti, da CNN, em São Paulo)

    Mais Recentes da CNN

    Mais Recentes da CNN