Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Atlas/CNN: controle de gastos é área com pior avaliação do governo Lula

    54% das pessoas avaliam gestão do governo federal como ruim ou péssima, mesmo índice de moradia e urbanização de favelas e segurança pública

    Henrique Sales Barrosda CNN São Paulo

    Responsabilidade fiscal e controle de gastos, segurança pública e moradia e urbanização de favelas: estas são as três áreas mais mal avaliadas do governo Lula (PT).

    Os dados fazem parte de pesquisa do instituto AtlasIntel produzida em parceria com a CNN Brasil e divulgada neste sábado (15), na estreia do GPS CNN.

    Somando a porcentagem de brasileiros que apontam áreas de atuação do governo como “ruim” ou péssima”, as três alcançam o mesmo índice: 54%.

    Quando separadas em ruim ou péssimo, controle de gastos é mais desaprovada, com 48% de avaliação “péssima”. Segurança pública tem 46% de avaliação péssima, e moradia, 42%.

    Áreas do governo, por avaliação:

    • Relações internacionais: ótimo/bom (53%); ruim/péssimo (44%); regular (3%);
    • Investimentos, infraestrutura e obras: ótimo/bom (45%); ruim/péssimo (49%); regular (7%);
    • Redução de pobreza e políticas sociais: ótimo/bom (45%); ruim/péssimo (49%); regular (5%);
    • Turismo, cultura e eventos: ótimo/bom (45%); ruim/péssimo (44%); regular (12%);
    • Direitos humanos e igualdade racial: ótimo/bom (44%); ruim/péssimo (42%); regular (14%);
    • Agricultura: ótimo/bom (44%); ruim/péssimo (48%); regular (8%);
    • Educação: ótimo/bom (42%); ruim/péssimo (49%); regular (10%);
    • Meio ambiente: ótimo/bom (42%); ruim/péssimo (48%); regular (10%);
    • Política industrial e energética: ótimo/bom (41%); ruim/péssimo (45%); regular (14%);
    • Responsabilidade fiscal e controle de gastos: ótimo/bom (39%); ruim/péssimo (54%); regular (8%);
    • Facilidades para negócios/carga tributária: ótimo/bom (38%); ruim/péssimo (50%); regular (13%);
    • Justiça e combate à corrupção: ótimo/bom (37%); ruim/péssimo (52%); regular (12%);
    • Saúde: ótimo/bom (34%); ruim/péssimo (46%); regular (20%);
    • Moradia e urbanização de favelas: ótimo/bom (32%); ruim/péssimo (54%); regular (15%);
    • Transportes, estradas e aeroportos: ótimo/bom (29%); ruim/péssimo (46%); regular (26%);
    • Segurança pública: ótimo/bom (27%); ruim/péssimo (54%); regular (20%).

    Na outra ponta, a área de relações internacionais é a mais bem avaliada do governo: somando avaliações como “ótima” ou “boa”, chega-se a um indicador de 53%.

    Nenhuma outra área alcança uma porcentagem de 51% ou mais de avaliações como “ótima” ou “boa”;

    Já no outro lado da balança, a soma de avaliações negativas também alcança ou supera os 51% na área de justiça e combate à corrupção (52%).

    A AtlasIntel ouviu 3.601 brasileiros entre os dias 7 e 11 de junho. A pesquisa tem margem de erro de um ponto percentual para mais ou para menos e nível de confiança de 95%.

    A soma de algumas porcentagens pode dar um valor diferente de 100% – 99% ou 101% – devido ao arredondamento dos números, sem comprometer a qualidade dos dados.