Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Atual governador do Amapá deve ser indicado para Ministério da Integração

    Nomeação é do senador Davi Alcolumbre, que pode ser o nome escolhido em caso de resistência a Waldez Góes

    Waldez Góes, governador do Amapá
    Waldez Góes, governador do Amapá Antonio Cruz/ Agência Brasil

    Tainá Farfanda CNN

    em Brasília

    O governador do Amapá Waldez Góes (PDT-AP) deve ser o indicado para o Ministério da Integração Nacional e Desenvolvimento Regional no lugar de Elmar Nascimento (União Brasil-BA), apontado à pasta pelo partido, com a chancela de Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados.

    Elmar, que foi o relator da PEC do Estouro na Câmara, sofreu resistência entre petistas.

    O motivo seria um áudio no qual Elmar, às vésperas do segundo turno, afirma que só “tem condenado ou ex-presidiário” no entorno de Lula. A gravação foi feita durante um comício em Campo Formoso, no interior da Bahia, no dia 28 de outubro.

    Dessa forma, a saída deve ser pelo PDT, mas com nome ligado ao senador Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), que também estaria disposto a assumir a vaga, em caso de resistência ao nome de Góes.

    Se confirmado, o governador do Amapá poderia mudar de partido e ir para o União Brasil.

    Alcolumbre conversou sobre o assunto com presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em reunião, nesta quarta-feira (27), em Brasília.

    Outro nome cogitado para a pasta é o da senadora eleita e deputada, Professora Dorinha (União Brasil-TO).