Bolsonaro busca reaproximação com empresários em São Paulo

ideia é fazer uma reaproximação em um momento em que os agentes produtivos e econômicos começam a procurar alternativa a Bolsonaro para as eleições de 2022

Caio Junqueirada CNN

Ouvir notícia

O presidente Jair Bolsonaro desembarca nesta quarta-feira Na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo para um encontro com mais de 300 executivos de empresas e bancos em uma tentativa de se reaproximar do setor produtivo e financeiro.

São esperados dirigentes de empresas como Susano, Ipiranga, Santander, Embraer, Bradesco, Google, Citibank, Gerdau, Itaú, Gol, Latam e BTG. A expectativa é de que pelo menos dez ministros acompanhem Bolsonaro, dentre eles o da economia, Paulo Guedes, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que participarão de um debate sobre economia.

O evento é organizado pela Secretaria-Geral da Presidência, comandada pelo ministro Luiz Eduardo Ramos.

A ideia é fazer uma reaproximação em um momento em que os agentes produtivos e econômicos começam a procurar alternativa a Bolsonaro para as eleições de 2022. Nos últimos dias, o ex-ministro Sergio Moro se reuniu com executivos de bancos e empresários, incomodados com o afrouxamento das regras fiscais com a aprovação da PEC dos Precatórios e o aumento dos juros no país.

O encontro será o último deste porte na gestão de Paulo Skaf na Fiesp, que deixa a entidade no dia 1 de janeiro após 17 anos no seu comando. Em seu lugar, assume Josué Alencar, dono da Coteminas.

Mais Recentes da CNN