Bolsonaro critica Moraes e ministro do TSE após ação contra canais por fake news

Críticas aconteceram após suspensão de monetização de canais que estão associados à propagação de notícias falsas sobre o sistema eleitoral brasileiro

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou, nesta terça-feira (17), o corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Felipe Salomão, e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes durante entrevista à Rádio Capital de Cuiabá

As críticas aconteceram após a decisão de Salomão de suspender o repasse de monetização de canais que estão associados à propagação de notícias falsas sobre o sistema eleitoral brasileiro.

Ainda durante a entrevista, Bolsonaro também voltou a atacar o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, dizendo que os dois estariam cometendo “barbaridades”. 

“Não pode um ministro do Supremo, no caso o Alexandre de Moraes… ele mesmo abre o inquérito, julga e prende. Não tem nem a participação do Ministério Público, nada. Agora ele abriu um inquérito de fake news sobre a minha pessoa (…).  Ele está fazendo barbaridades agora, juntamente com o ministro do STF, o senhor Salomão, que deu uma canetada para desmonetizar certas páginas de pessoas  que têm criticado a falta de mais transparência no voto”, afirmou o presidente.  

 

Publicado por Evandro Furoni

Mais Recentes da CNN