Bolsonaro grava vídeo para apoiar ex-funcionária candidata

Wal do Açaí é candidata a vereadora em Angra dos Reis

O presidente Jair Bolsonaro em vídeo de apoio a Wal do Açaí
O presidente Jair Bolsonaro em vídeo de apoio a Wal do Açaí Foto: Reprodução

Leandro Resendeda CNN

Ouvir notícia

O presidente Jair Bolsonaro prometeu não se envolver na campanha eleitoral deste ano, mas gravou um vídeo em defesa da candidatura da ex-funcionária de seu gabinete na Câmara dos Deputados, Walderice dos Santos Oliveira. Ela concorre ao cargo de vereadora em Angra dos Reis, no Sul Fluminense. Conhecida como “Wal do Açaí”, ela é investigada pela Procuradoria do Distrito Federal sob suspeita de ter sido funcionária fantasma no período em que esteve nomeada na equipe do então deputado federal. 

Em 2018, reportagem do jornal Folha de S.Paulo revelou que Wal, mesmo com salário de pouco mais de R$ R$ 1.351,46 na Câmara dos Deputados, dava expediente em uma loja de açaí localizada na Vila de Mambucaba, onde Jair Bolsonaro possui casa de veraneio. Nomeada em 2003 para o gabinete do então deputado federal, Walderice permaneceu na Câmara 2018.  À época, Wal e Bolsonaro alegaram que ela estava de férias quando a reportagem por lá esteve. 

Leia e assista também

Família Bolsonaro entra em campo nas eleições no Rio de Janeiro

Bolsonaro sobre Russomanno: “é um amigo de velha data”

No vídeo, obtido pela CNN, Jair Bolsonaro afirma que tem “ligação com a Wal do Açaí”, e que ela foi “vítima de uma injustiça”quando acusada de ser funcionária fantasma. O presidente afirma que partiu dele a ideia de fazer Wal candidata a vereadora e que, se eleita, ela será “representante da região”. “Eu aconselhei e orientei a Wal a ser candidata a vereadora. Peço que vocês votem na Wal do Açaí. Até a vitória, se Deus quiser, afirma o presidente, em peça de um minuto distribuída via WhatsApp em Angra dos Reis. 

Wal é cortejada por candidatos a prefeito em Angra dos Reis, e tem provocado o envolvimento direto do presidente na eleição municipal. Em outro vídeo, Bolsonaro já desmentiu que irá apoiar Fernando Jordão, do MDB, que disputa o cargo.

O vídeo é, até aqui, o movimento mais explícito de envolvimento do presidente nas eleições municipais. Até o momento, apenas Celso Russomano (Republicanos), candidato à prefeitura de São Paulo, recebeu apoio declarado de Bolsonaro. No Rio, conforme mostrou a CNN, o plano da família é cacifar o sobrenome para pavimentar caminho das eleições 2022.

 

Mais Recentes da CNN