Bolsonaro tem na militância digital o fator político de poder para peitar o STF

STF abriu novo inquérito contra Jair Bolsonaro por divulgação de dados sigilosos

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu, nesta quinta-feira (12), um novo inquérito contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ele responde agora também pela divulgação, nas redes sociais, de um inquérito sigiloso do tribunal eleitoral, que apura invasão nos sistemas da Corte. Segundo os analistas políticos da CNN Thais Arbex e Caio Junqueira, apesar de estar sob pressão, Bolsonaro continua na toada de desafiar o sistema.

O presidente tem na militância digital o fator político de poder para peitar o Supremo Tribunal Federal; ele segue fazendo ameaças, dizendo que o voto impresso tem que ser implementado. Não há outro campo em que ele consiga atuar, ademais da base bolsonaristas.

A necessidade de viver no conflito, faz com que o presidente utilize como cálculo político trabalhar com o caos. Segundo o analista Caio Junqueira, Bolsonaro precisa dessa bandeira para conseguir sobreviver politicamente. Em exibição de live nas redes sociais, Bolsonaro voltou a dizer que não tem provas, mas tem suposições sobre fraudes nas eleições. 

O retorno que o presidente tem da militância bolsonarista o faz se enxergar com força para enfrentar o Judiciário, analisa Caio Junqueira. Em análise, reitera-se que a militância aliada estava dispersa anteriormente, por conta da CPI da Pandemia e do aumento no número de mortes e internações pela Covid-19.

Bolsonaro conseguiu reagrupar e sinalizar para os militantes que 2022 será um ano duro, e que precisará deles para continuar nesta toada.

Encontro de Bolsonaro com empresários
Encontro de Bolsonaro com empresários
Foto: Foto: Alan Santos/PR

Publicado por Anna Gabriela Costa

Mais Recentes da CNN