Bolsonaro troca secretário de Relações Institucionais do governo

Cargo atua no relacionamento entre governo e Congresso para definir emendas na Lei Orçamentária Anual. Presidente nomeou André Monteiro e exonerou Manoel Filho

O presidente Jair Bolsonaro 
O presidente Jair Bolsonaro  Foto: Isac Nóbrega/PR (17.jun.2020)

Diego Freire,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro trocou o titular do cargo de secretário especial de Relações Institucionais da Secretaria de Governo. O ato também foi assinado pelo ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira.

Leia e assista também:
Vídeo mostra primeiro depoimento de Fabrício Queiroz

O ato exonerou Manoel Fernandes Amaral Filho, até então ocupante do cargo, para nomear André de Souza Monteiro. 

A Secretaria Especial de Relações Institucionais atua na coordenação política e na condução do relacionamento do governo com o Congresso Nacional e os partidos políticos no que diz respeito às emendas parlamentares impositivas constantes na Lei Orçamentária Anual.

O cargo é responsável, ainda, por acompanhar, elaborar estudos e propor ações, em coparticipação com a Secretaria Especial de Assuntos Parlamentares, relacionadas com projetos de lei e projetos de emenda constitucional em tramitação no Congresso Nacional que versem sobre o regramento de emendas parlamentares impositivas ao orçamento da União.

Mais Recentes da CNN