Cobrado, Alcolumbre diz que não há consenso sobre indicação de André Mendonça

Alcolumbre também lembrou que não há um prazo estipulado pela Constituição e nem no regimento interno do Senado para que a sabatina aconteça

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) informou que a demora para marcar a sabatina sobre a indicação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF) tem acontecido por não haver consenso.

Alcolumbre ainda afirmou que a demora “não é anormal, porque o processo de escolha e aprovação sempre foi complexo, mas como todo processo de índole política, não se desenrola apenas por meio de meros procedimentos formais, mas tem lugar na realidade cotidiana das atividades dos membros do Senado Federal”

“A votação de indicação de ministro para o Supremo Tribunal Federal merece ser precedida de um tempo de amadurecimento político que permita a galvanização das opiniões dos membros do Senado, em especial diante do cenário de turbulência política”, afirmou o senador.

Na resposta, Alcolumbre também lembrou que não há um prazo estipulado pela Constituição e nem no regimento interno do Senado para que a sabatina aconteça.

A indicação de André Mendonça ao STF foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) há quase dois meses, quando o ex-ministro Marco Aurélio se aposentou.

(Publicado por Evandro Furoni)

Mais Recentes da CNN