Comissão aprova texto da PEC que propõe o distritão nas eleições

Proposta ainda precisa ser aprovada no plenário da Câmara para avançar

Evandro Furoni e Larissa Rodrigues, da CNN em São Paulo e Brasília

Ouvir notícia

 

A Comissão Especial da Câmara aprovou na noite desta segunda-feira (9), por 22 votos a 11, o texto da Proposta de Emenda Constitucional 125/11, que propõe a adoção do sistema conhecido como distritão. A PEC prevê que o sistema já seja utilizado nas eleições de 2022

Para 2022, a proposta prevê eleições para deputados estaduais e federais por maioria majoritária, conhecido por “distritão”. Neste modelo, seria eleito o candidato com mais votos em cada localidade, independente dos partidos. Hoje, as eleições para deputados e vereadores usam o sistema proporcional, em que o número de cadeiras de cada partido é decidido pelo cálculo do coeficiente eleitoral.

Dos sete destaques, apenas um foi aprovado, o que previa o distritão misto, em que parte dos eleitos seria por voto majoritário e outra parte pelo sistema proporcional. Com isso, o texto prevê apenas o Distritão.

Com o texto aprovado, a proposta vai para o plenário da Câmara, onde precisa de dois terços dos votos para avançar. A Câmara planeja votar a PEC já na próxima quarta-feira (11).

A proposta de distritão foi inserida em uma PEC que buscava vetar eleições próximas de feriados. Segundo os críticos, a medida enfraquece os partidos, dando mais poderes paras os candidatos mais famosos.

Câmara dos Deputados, em Brasília
Câmara dos Deputados, em Brasília
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Mais Recentes da CNN