Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Comissão de Ética da Presidência arquiva processo contra ministro da CGU

    Ação apurava possível conflito de interesses envolvendo acordos de leniência da Novonor (antiga Odebrecht)

    Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Leonardo Ribbeiroda CNN

    Brasília

    A Comissão de Ética Pública (CEP) da Presidência da República arquivou, nesta segunda-feira (13), o processo que apurava suposto desvio de conduta ética do ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Vinicius de Carvalho.

    A ação apurava possível conflito de interesses porque sua parceira, Marcela Mattiuzzo, presta serviços para a Novonor (antiga Odebercht) ao mesmo tempo em que a CGU renegocia acordos de leniência envolvendo a empresa.

    “Esclarecimentos iniciais prestados. Inocorrência de conflito de interesses”, concluiu o relator do caso, conselheiro Edson Dalescio Sá Teles. Ele foi acompanhado por unanimidade.

    Vinicius de Carvalho justificou que não tem união estável com Marcela Mattiuzzo e que se licenciou do escritório que advogava antes de assumir a CGU.