Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Conseguimos colocar um ministro comunista no STF com a qualidade de Dino, diz Lula

    Presidente comemorou a aprovação de Flávio Dino para o STF

    Felipe de Souzacolaboração para a CNN

    São Paulo

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, durante a abertura da 4ª Conferência Nacional da Juventude, em Brasília, que estava feliz por conseguir “colocar um ministro comunista” no Supremo Tribunal Federal (STF).

    Ao falar sobre os acordos políticos e as “conversas com quem a gente não gosta” para conseguir aprovação de projetos e equilibrar a governança, Lula se disse contente pela aprovação no Senado do nome de Flávio Dino para ocupar a vaga de ministro no STF.

    “Vocês não sabem como eu estou feliz hoje. Pela primeira vez na história deste país, nós conseguimos colocar, na Suprema Corte deste país, um ministro comunista, o companheiro da qualidade do Flávio Dino”, comentou. Na sequência, ele foi ovacionado pelo público presente.

    Dino, que foi ministro da Justiça desde o começo do governo, recebeu 47 votos favoráveis dos senadores após sabatina realizada nesta quarta-feira (13) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. A posse deve acontecer em 22 de fevereiro.

    “Poucos ministros”

    Lula também disse que o governo conta com poucos ministros. “É preciso pararmos de acreditar quando a imprensa diz que temos muitos ministros. Temos poucos ministros, é preciso de mais ministérios para cuidar desse país”, disse o presidente.

    Em setembro, o governo federal publicou a medida provisória que criou o Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, o 38ª do atual governo.

    Em contrapartida, o ex-presidentes Jair Bolsonaro e Michel Temer iniciaram seus governos com 22 e 23 ministérios, respectivamente.

    No evento, o petista também voltou a caracterizar o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff como “golpe”

    “Tudo que fizemos nesses primeiros 11 meses de mandato foi reconstruir aquilo que tínhamos construído até 2016, quando veio o golpe contra a Dilma”, disse Lula.

    4ª Conferência da Juventude

    A conferência, que acontece em Brasília, deve reunir, até 17 de dezembro, jovens de todo o país para discutir políticas públicas para a população com idade entre 15 e 29 anos.

    O Conselho Nacional de Juventude tem caráter apenas consultivo. Ou seja, deve sugerir iniciativas voltadas para os direitos da juventude, além de promover estudos e pesquisas sobre a realidade dos jovens brasileiros.

    *Colaboração de Gabriel Garcia