CPI da Pandemia recebe reforço de Receita, TCU e PF para analisar dados 

Sessões da comissão serão retomadas no dia 3 de agosto 

Caio Junqueirada CNN

Ouvir notícia

 

A CPI da Pandemia ganhará novos reforços nas equipes que auxiliam nos trabalhos de investigação. A ajuda virá de integrantes da Receita Federal, do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Polícia Federal.

O foco com o novo grupo é analisar e cruzar os dados que a comissão recebeu e continua a receber. Durante o recesso parlamentar, equipes técnicas esperam analisar cerca de dois mil documentos.

Nesse período, que vai de 18 a 31 de julho, as sessões no Senado estarão suspensas. O retorno ocorrre no dia 3 de agosto. 

De acordo com alguns senadores, há a expectativa para que a CPI utilize todo o tempo de prorrogação aos trabalhos, que já foi autorizada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

CPI da Pandemia
CPI da Pandemia
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Mais Recentes da CNN