Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Deputados de SP aprovam anistia a multas na pandemia; Bolsonaro será beneficiado

    Ex-presidente Jair Bolsonaro deixará de pagar infrações que somam mais de R$ 1 milhão

    Bolsonaro participou de motociatas em São Paulo sem usar máscara na época da pandemia, quando utilização era obrigatória
    Bolsonaro participou de motociatas em São Paulo sem usar máscara na época da pandemia, quando utilização era obrigatória Reprodução / CNN

    Marcos Rosendoda CNN

    São Paulo

    A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, nesta terça-feira (17), o projeto de lei que anistia a cobrança de multas aplicadas pelo estado durante a pandemia de Covid-19.

    O projeto, encaminhado pelo governo de Tarcísio de Freitas (Republicanos), foi aprovado com o voto favorável de 52 deputados. Outros 26 foram contra. Houve duas abstenções.

    Depois de intensa negociação nos bastidores, os parlamentares chegaram a um consenso para desmembrar a votação do tema, que inicialmente estava incluído no projeto que facilita a cobrança da dívida ativa.

    Um dos beneficiados pela decisão que anistia as multas aplicadas durante a pandemia de Covid-19 será o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que foi multado seis vezes durante a gestão do então governador João Doria (ex-PSDB). A dívida, acrescidas de juros, ultrapassa R$ 1 milhão.

    Na sessão desta terça-feira (17), a Alesp também votou o projeto de lei que estabelece mecanismos que facilitam a cobrança da dívida ativa. O placar da votação foi amplamente favorável ao governo: 64 votos a favor e nenhum contra.

    Tópicos

    Tópicos